(11) 4122-6700 | (11) 4123-5677 | (11) 94886-0221

atendimento@fluxo.com

Diferenças entre artérias e veias

Este artigo ensinará como funciona o sistema circulatório.

Função das artérias e veias

As artérias são vasos sanguíneos que transportam sangue oxigenado do coração para o corpo.

As veias são os vasos sanguíneos que trazem o sangue com menos oxigênio e mais gás carbônico dos tecidos e órgãos ao coração.

As artérias são vasos que alimentam os tecidos com oxigênio e nutrientes, enquanto as veias drenam o sangue com o gás carbônico e substâncias produzidas pelo metabolismo das células.

Diferenças de forma e função entre artérias e veias

As artérias têm diâmetros habitualmente menores que as veias que as acompanham. As artérias também têm paredes mais grossas e o sangue é impulsionado pelo bombeamento produzido pelas contrações do coração e por isso, as artérias pulsam. Você pode sentir essa pulsação no punho (pulso da artéria radial), no pescoço (pulso da artéria carótida) e até mesmo na virilha (pulso da artéria femoral).

As veias têm seu sangue impulsionado por um complexo mecanismo de bombeamento pela musculatura dos membros inferiores (principalmente pela panturrilha) e superiores e pelo efeito que os movimentos respiratórios proporcionam.

As veias, em grande parte do corpo, levam sangue para o coração contra a força gravidade (de cima para baixo). Para que esse sangue consiga subir, é importante que os mecanismos acima descritos funcionem, mas é necessário que algo “segure” esse sangue para que não desça ainda mais para as partes mais baixas do corpo. para isso, as veias possuem válvulas. Essas válvulas só abrem em um sentido, permitindo que o sangue passe por elas na subida, mas elas fecham quando o sangue tende a cair, impedindo que ocorra o refluxo. Se não houvessem essas válvulas nas veias, todo o sangue do corpo se acumularia nas partes baixas das pernas. O vídeo abaixo deixará isso mais claro para você:

Localização das artérias e veias

As artérias estão localizadas em planos mais profundos na cabeça, pescoço, nos membros (junto à musculatura) e nas cavidades (tórax e abdome); enquanto as veias também podem ser profundas (acompanhando as artérias como nesse vídeo) ou superficiais e visíveis sob a pele.

Doenças das artérias e das veias

A obstrução das artérias por placas ou coágulos (trombose arterial) leva a uma falta da circulação de irrigação e pode proporcionar isquemia (falta de oxigênio nos tecidos) e infarto (morte dos tecidos – gangrena). A dilatação das artérias causa aneurismas, cujas complicações podem ser rompimento (levando a hemorragias graves) ou trombose.

O entupimento das veias causa a trombose venosa. O sangue que retornaria ao coração torna-se parcialmente represado pelo coágulo (trombo) levando a inchaço, dor e aumento da temperatura no local afetado. Quando esse coágulo se rompe e fragmenta, pode viajar pela circulação, passar pelo coração e parar no pulmão, causando a embolia pulmonar.

As veias também podem dilatar e formar as varizes. No entanto, isso só ocorre nas veias superficiais. O termo “varizes internas” é um termo inadequado e não deveria ser usado.

Ultrassom-Doppler das artérias e veias

O vídeo abaixo mostra o exemplo de um exame de ultrassom-Doppler vascular uma artéria profunda acompanhada de suas veias. Observe a diferença entre os vasos sanguíneos. As cores azul e vermelho são representações gráficas computadorizadas para distinguir o sentido do fluxo do sangue. Quando a artéria está representada em vermelho e a veia em azul, significa que o vermelho leva sangue oxigenado e o azul, traz o sangue com gás com menos oxigênio e mais gás carbônico de e para o coração. Entretanto, a título de exame de ultrassom-Doppler, é só uma questão de padronização.

Você tem dúvidas sobre saúde vascular, siga-nos aqui, nas nossas redes sociais e no youtube e aumente seu conhecimento sobre esse importante assunto.

Autor

Share This
Whatsapp