(11) 4122-6700 | (11) 4123-5677 | (11) 94886-0221

atendimento@fluxo.com
Tempo de leitura: 3 minutos

Olhos Abertos para a Trombose

Dia 13 de Outubro, Dia Mundial da Trombose.

trombose,dia mundial da trombose,world thrombosis day,tvp,trombose venosa,trombose venosa profunda

História do evento

Instituído pela International Society on Thrombosis and Haemostasis  em 2014 em homenagem ao dia de nascimento do Dr. Rudolf Virchow (primeiro médico a descrever como a doença trombótica se desenvolve no corpo humano), o Dia Mundial da Trombose tornou-se um marco para os médicos com objetivo de trazer mais conhecimento e atenção em relação a essa doença tão presente e potencialmente fatal.
A Clínica Fluxo de Cirurgia Vascular participa do evento há mais de 5 anos como parceira da ISTH promovendo micro-eventos de divulgação nas dependências físicas da clínica, assim como palestras e campanhas de divulgação de conhecimento

O que é trombose?

Trombose é um termo abrangente que diz respeito a um coágulo sanguíneo obstruindo total ou parcialmente o fluxo normal de sangue em uma veia superficial ou profunda. O desenvolvimento de um quadro trombótico acontece mais frequentemente nas pernas, chamado Trombose Venosa Profunda (TVP). Outros tipos de trombose comuns são a embolia pulmonar e a tromboflebite.

A descoberta de Virchow diz respeito aos três principais mecanismos que predispõem ao surgimento de coágulos dentro do sistema venoso:
  1.  A diminuição da velocidade do fluxo sanguíneo normal pode ser causada por condições temporárias, como imobilizações ortopédicas, ou permanentes como em caso de paralisias e insuficiência cardíaca.
  2. Outro fator que contribui para o aparecimento de trombos venosa é a lesão da parede dos vasos, essas lesões surgem principalmente por danos de longo prazo causados por maus hábitos como tabagismo e dietas desregradas.
  3. Por fim existem certas condições, doenças e medicamentos como câncer, trombofilias, período pós operatório, gravidez e alguns métodos anticoncepcionais que deixam o sangue mais denso e favorecem a formação de trombos.

Causas de TVP

Nem sempre essas condições que predispõem à doença podem ser evitadas, e por isso é preciso atenção aos primeiros sintomas em busca de rápida resolução. A demora na identificação do problema e no início do tratamento é mais ou menos grave de acordo com a localização e calibre da veia obstruída.
Uma veia menor e superficial oferece menor risco sistêmico, mas pode ser muito dolorosa, resultando no quadro de tromboflebite.
Os trombos também podem aparecer após acessos venosos para infusão de medicamentos ou após algum trauma, e podem ser tratados com anti-inflamatórios que devem ser receitados por um médico após o correto diagnóstico, pois quem, em outros casos são necessários anticoagulantes.
No quadro mais comum, de Trombose Venosa Profunda (TVP), trombos obstruem as veias profundas, impedindo ou diminuindo significativamente o retorno do fluxo venoso dos membros  para o coração.
Os principais sintomas de TVP são dor de início agudo ou progressiva, com inchaço e cor avermelhada/arroxeada, normalmente em apenas uma das pernas ou braços. A TVP pode também ser assintomática e diagnosticada em exames de rotina como o Ultrassom-Doppler Venoso.
Os casos de maior fatalidade, que devem ser reconhecidos e tratados mais rapidamente, são os trombos que se desenvolvem nas veias pulmonares.

Sinais e sintomas da embolia pulmonar

Alguns dos sintomas que devem ser rapidamente identificados consistem em:
  • dor súbita no peito;
  • dificuldade em respirar;
  • tosse com sangue no escarro;
  • aumento da frequência dos batimentos cardíacos
  • febre.

Diagnóstico tromboembolismo venoso

O quadro de embolia pulmonar só pode ser diagnosticado por um médico através dos sintomas clínicos, e será confirmado em ambiente hospitalar com exames de imagem como angiotomografia e exames laboratoriais.
A trombose venosa profunda também pode ser diagnosticada por angiotomografia, mas mais comumente o exame de Ultrassom Doppler será suficiente, apresentando excelente acurácia para pacientes sintomáticos e assintomáticos.

Prevenção e tratamento da trombose venosa

A prevenção é possível através de ajustes comportamentais e de intervenção como o uso de meias elásticas compressivas, prática de exercícios físicos, cuidados pré e pós-operatórios em pacientes cirúrgicos e atenção redobrada em pacientes com câncer.trombose,dia mundial da trombose,world thrombosis day,tvp,trombose venosa,trombose venosa profunda

O tratamento normalmente é medicamentoso, com anticoagulantes injetáveis ou orais, mas pode exigir internação e até cirurgia em casos extremos.

O Dia Mundial da Trombose é um dia reservado para trazer atenção aos sinais e sintomas dessa doença, que não se resolve sozinha e que piora consideravelmente se não tratada, podendo ser fatal e/ou induzir outras doenças mais graves.

Autor

Share This
Whatsapp